Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘formato digital’

Acaba de ser lançado no mercado o livro Estratégia Militar e História, do amigo César Campiani Maximiano. Já exibindo o selo do Centro Histórico Overlord, a obra está sendo oferecida no formato digital e-book pela Amazon neste link. Conhecendo de antemão o alto padrão de qualidade das obras lançadas anteriormente pelo autor, o novo livro promete ser um exemplar obrigatório na estante do leitor aficcionado pela História Militar.

estrategia

Estratégia Militar e História

SINOPSE

Os textos contidos neste volume versam sobre aquilo que, em diferentes momentos da história, se acreditou como o procedimento certo para que se vencessem as guerras. Em alguns casos eles expõem a enorme distância entre o que se imaginava que seria a guerra e como ela efetivamente foi travada durante as campanhas. Todos capítulos partem do pressuposto que a guerra consiste em atividade investida de uma essência permanente, porém moldada por características cambiantes. Não há dilemas estratégicos inéditos: as comunidades humanas são movidas por desejos de proteger o que é seu, ou avançar seu controle sobre posses alheias, seja para aumentar seu poder ou simplesmente continuar existindo. Neste aspecto o Sistema de Monitoramento de Fronteiras da Amazônia dotado de tecnologia de última geração, a Muralha de Adriano construída de pedra e atalaias e a Linha Maginot baseada na tecnologia da Era Industrial foram concebidos para efetuar exatamente o mesmo efeito estratégico: inibir inimigos e defender fronteiras. Esses desejos precisam ser traduzidos no campo prático por meio do emprego da força. As ferramentas para estas finalidades estão sujeitas à evolução, mas os objetivos delineados não se distinguem em termos de motivação daqueles que moviam as cidades estado gregas no tempo da Guerra do Peloponeso: medo, honra e interesse. Tal natureza imutável da guerra se manifesta na disciplina errática da estratégia, na qual a simplicidade enganadora das finalidades almejadas esbarra na dificuldade e complexidade materializadas no momento de cumprir as tarefas que conduzem aos objetivos nacionais. Por várias ocasiões, essa complexidade corresponde na dificultosa adaptação a um contexto de guerra em que se faz urgente a atualização da doutrina militar e da familiaridade com o equipamento e armamento, por outras, a solidez da disposição para o combate é mal interpretada pela nebulosidade do emaranhado das versões produzidas anos após o decorrer dos eventos, em algumas vezes a falta de lucidez não permite conjecturar a incompatibilidade de meios com objetivos irreais.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: